Construir fluxo de caixa

O fluxo final previsto para a servitização é composto pelos fluxos de caixa anteriores como ilustrado na figura.

ENTREGAS

Fluxo de gastos

É a soma dos fluxos de impostos, de salários, de custos e despesas e de investimentos.

Fluxo de caixa e fluxo de caixa acumulado

É a combinação do fluxo de receitas com o fluxo dos gastos. Observe o exemplo de planilha de um fluxo de caixa de 12 meses, sendo que o desenvolvimento dura 4 meses e somente após o mês 5 teremos receitas, após o lançamento do PSS. Neste exemplo, somente no mês 8 iremos recuperar os gastos deste empreendimento. Vale a pena investir neste negócio? Na próxima atividade “calcular e analisar indicadores financeiros”.

Podemos criar uma visão gráfica somente do fluxo de caixa com os investimentos, receitas e gastos.

No gráfico ao lado mostramos somente o fluxo de caixa e o fluxo de caixa acumulado. Veja como a escala mudou.

Fluxo de Caixa Descontado

É o fluxo de caixa com os valores corrigidos pela taxa de desconto, que normalmente é a TMA (ver atividade “definir taxa de desconto”). Na verdade, não construímos e representamos este fluxo de caixa descontado. Ele serve para calcularmos o valor presente líquido (ver atividade “calcular e analisar indicadores financeiros”).

MATERIAL DE APOIO

>>MAP05.01– aba fluxo de receitas

>>MAP05.01– aba fluxo de caixa mensal

DICAS

  • Considerar valores mais prováveis para demanda, receita e custos;
  • Revisar os valores encontrados e verificar se fazem sentido, pois qualquer valor fora do padrão afeta o resultado final.