Identificar fatores externos: oportunidades e ameaças

O contexto externo à sua organização gera oportunidades que podem ser aproveitadas e ameaças que devem ser gerenciadas e evitadas.

Se sua empresa utiliza técnicas de análise de mercado e/ou benchmarking ou se você utilizou essas técnicas na atividade anterior, você pode utilizar diretamente esses resultados para identificar as oportunidades e ameaças. A interpretação do que é uma oportunidade ou uma ameaça depende muito da perspectiva do time que realizará o processo de servitização. Ver que um concorrente está criando uma nova tecnologia para substituir uma solução da sua organização pode ser visto como uma ameaça, porém pode ser uma excelente oportunidade de servitizar a sua solução para deixá-la mais atrativa para o cliente e reduzir o impacto que a nova tecnologia geraria. Um exemplo pode ser dado pela venda de filmes. Enquanto o mercado buscava tecnologias para reproduzir filmes com qualidade cada vez maior, como com o Blu-ray, fornecer os filmes como um serviço, como a Netflix fez, se demonstrou como um melhor modelo de negócio.

Um método tradicional que pode ser utilizado para estruturar quais são os fatores externos é o SWOT[i], o qual propõe uma estruturação para oportunidades, ameaças, forças e fraquezas.

[i] Segue o link da wikipedia sobre SWOT  https://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT . Este verbete da wikipedia está bem resumido, mas contém as informações essenciais sobre este método. A descrição da SWOT no site do SEBRAE é bem pragmática e se pode fazer download do pdf http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/ME_Analise-Swot.PDF. EM INGLÊS: A wikipedia em inglês traz uma descrição bem mais detalhada https://en.wikipedia.org/wiki/SWOT_analysis. Neste site existe uma descrição voltada para aplicação com a descrição dos passos, vídeos e fontes adicionais de recursos que você poderá utilizar para aprender e aplicar a SWOT https://www.thedesignexchange.org/design_methods/89.

Em uma startup? Para ganhar conhecimento sobre o contexto do seu desafio, converse com pessoas da área e participe de feiras, assista palestras sobre temas relacionados, peça conselhos aos tutores de aceleradoras – enfim: busque informações que te forneçam ao menos uma perspectiva dos mercados que você cogita entrar. Você pode perceber que já existem muitos concorrentes fortes ou então descobrir novos problemas que podem ser uma oportunidade.