Passo 4) Planejar seu projeto de servitização e Passo 5) Executar o projeto

Planejar seu projeto de servitização

Agora que você irá iniciar o seu projeto realize a primeira atividade da gestão de mudança. Crie uma visão da mudança. Com base nela planeje seu projeto.

Se na sua organização vocês aplicam a gestão tradicional de projeto, transforme as atividades e entregas na sua WBS [i]. Ela será a base para o seu projeto. Mas cuidado. Como a servitização é um processo iterativo, o cronograma resultante pode engessar seu projeto. Indicamos que você utilize um cronograma para definir os prazos macro do seu projeto de servitização e aplique princípios da gestão ágil para gerenciar o dia a dia do seu projeto.

Para a gestão ágil, a lista de atividades e entregas, obtidas na atividade anterior da configuração do seu projeto com base na metodologia, é a base para a definição do seu backlog [ii]. Tendo definido o backlog, ordenado as atividades e entregas, você está pronto para estabelecer o backlog da sua primeira iteração. No final desta iteração você retorna ao backlog do projeto, verifica o que foi feita na iteração anterior e planeja o backlog da próxima iteração e assim por diante.

A combinação da gestão tradicional com a gestão ágil é conhecida como gestão híbrida [iii] 

 

Executar o seu projeto

Bom .. agora é seguir o que foi planejado.

[i] WBS: work breakdown structure. Em português, EAP (estrutura analítica do projeto) ou EDP (estrutura de decomposição do produto do projeto – seu resultado). É uma estrutura em forma de árvore hierárquica onde você coloca todos os resultados que seu projeto irá entregar. Você pode misturar atividades em um nível mais detalhado. São os itens que você irá colocar em um cronograma.

[ii] Backlog em um projeto ágil é a lista de tudo o você pretende realizar / atingir com o seu projeto.

[iii] Leia mais sobre gestão híbrida de projetos na dissertação de mestrado do Michael Bianchi